PBJ - Portal Bacia do Jacuípe

15 MUNICÍPIOS EM UM SÓ LUGAR!

Vereador Humberto acusa prefeitura de apreender mercadoria de agricultor em Baixa Grande

Postagem nº: 10385 | Data: 25/03/2017 | Visualização: 2144

O vereador de Baixa Grande, Humberto Suzart (PSB), postou em seu facebook na manhã deste sábado, 25 de março de 2017 uma foto dele juntamente com o vereador Werlisson Silva (PSD) e o ex-candidato vereador no pleito de 2016, Rogério Bastos, no texto o parlamentar conta que uma equipe do governo local, apreendeu frutas que Rogério vende na feira livre.

 

A prefeitura postou em sua fapnge uma nota justificando que já havia notificado o comerciante por várias vezes pra se adequar a feira e o mesmo não atendia, no post ainda conta que o comerciante Rogério foi notificado nesta sábado, dia 25 e não atendeu  obrigando a guarnição da Guarda Municipal apreender suas mercadorias, ainda no post diz que todas as mercadorias contadas e registradas, que após solucionar a situação serão devolvidas ao agricultor.


www.baciadojacuipe.com.br
Por: Ediomário Catureba

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal Bacia do Jacuípe.

Autor:

Neide , - comentou no dia 25/03/2017

Comentário:

Humberto saiba de uma coisa se existe alguma perseguição a única perseguição tá vindo da sua parte.

Autor:

Maria , - comentou no dia 25/03/2017

Comentário:

Verdade se ele fosse honesto e respeitasse as leis não tinha passado por cima kkkkkk e muito interessante essa agora.

Autor:

Edivaldo , - comentou no dia 25/03/2017

Comentário:

Esse vereador tá querendo se aparecer fiscalizar é uma coisa perseguir o mandato do atual prefeito é outro e é isso que ele e Welisom quer só se aparecer.

Autor:

Marcelo, - comentou no dia 25/03/2017

Comentário:

Sabe quando vc sente aquela vergonha alheia... É o que estou sentindo ao ver o que fizeram com esse rapaz, um pobre trabalhador. Para quem não sabe, melancia é um produto perecível, ou seja, estraga. Do que adianta devolver as melancias do rapaz, após ele ter perdido a feira. Creio que ele não comprou tantas para chupá-las, e sim, vendê-las. O prejuízo já ocorreu, o que a administração pode fazer para reparar esse ato insano e infame é pagar as melancias ao preço que ele as venderia, no mínimo, pois ainda caberia um dano moral. Eta Baixinnha sem freio...

Autor:

Neide , - comentou no dia 25/03/2017

Comentário:

Estão fazendo a mesma coisa que Gilvan e Pedro fez com Amado e não adiantou que hoje estão iinimigos.

Autor:

daiane, - comentou no dia 25/03/2017

Comentário:

Baixa grande tem até fiscal tem trabalho ai vereador que venha 4anoskkk

Autor:

GILDAZIO , - comentou no dia 25/03/2017

Comentário:

Gilvan perseguiu tanto Amado que agora ensinoum ao filho e ao aliado dele como persseguir o mandato do outro.

Autor:

Maria, - comentou no dia 25/03/2017

Comentário:

Parabéns Humberto e werlison não achem ruim não pois quem ensinou a perseguição foi a turma do atual gestor

Autor:

CARIOCA ORIGINAL , - comentou no dia 25/03/2017

Comentário:

bom pelo que li a matéria diz que o vendedor foi notificado para se adequar ou seja esta fazendo a demonstração de forma errada mais não respeitou a notificação e foi punido pronto na proxima feira ele vai fazer tudo certinho para não ficar sem a mercadoria novamente e esses dois vereadores querem a feira bagunçada ai ficam de historinha pois eles deveriam ter dito ao amiguinho cumpra a notificação para vc não ter a mercadoria apreendida mais não foram postar foto com o amiguinho todo errado vão bagunçar lá na casa de voces e deixem de querer criar picuinha por coisas erradas

Autor:

José machado Cerqueira Junior, - comentou no dia 25/03/2017

Comentário:

Humberto você tar um verdadeiro perseguido vc vai perder vários voto incluir o meu é lei se cumpre para der

Autor:

Aroldo Borges Carneiro, - comentou no dia 25/03/2017

Comentário:

Aquele local onde as melancias foram apreendidas , deveria ser chamado de feira do ROLO ou do ATRAVESSADOR. Há anos que ali e um verdadeiro corre-corre de oportunistas, ficam esperando as pessoas da roça que trazem ovos, carneiros, galinhas etc e no balcão de ofertas , tem ocorrido discussões entre os de IPIRA e os da NOSSA CIDADE.Vale dizer que, ao longo dos anos tenho observado a frequência nos dias de feira das caminhonetes de IPIRÁ estacionadas nas proximidades para RECEBER OS PRODUTOS COMPRADOS. Acho injusto punir alguém da cidade, enquanto outros de FORA comercializam PNEUS e outros produtos ISENTOS DE PUNIÇÕES.


Nome:

Comentário:





























Sites e Blogs indicados:


(c)Catu Informática

Rua Joel Campos, 125 - Alto de Guinho - Baixa Grande - BA

E-mail: ediomario@baixagrande.net - Tel: 74 99962 3779

utilizadores online