Baixa Grande - ASSEB/Casa do Estudante - CARTA ABERTA

Postado em: 31/03/2010 | Por: Com Informações da ASSEB

Caros, Amigos, amigas, colegas universitários, colegas profissionais, guerreiros estudantes, lutadores e lutadoras por melhorias nas condições de vida de estudantes e familiares, companheiros e companheiras que pensam cotidianamente na Educação de nossa querida "terra", BAIXA GRANDE. Peço-lhes um pouco de tempo a todos vocês...

Estou aqui, na qualidade de diretor geral da Associação dos Estudantes Baixagrandenses (ASSEB), reeleito recentemente para mais três anos. Acho que este momento não requer uma apresentação do seu histórico e do quanto ela contribuiu nestes quases 22 anos para que inúmeros jovens pudessem realizar parte do seu sonho! Todos já conhecemos e vivenciamos. Neste momento, gostaria de falar brevemente do futuro.

Como muitos sabem regularizamos nossa situação perante a Receita Federal, garantimos nossa Certidão Negativa de Débitos, e reativamos a nossa conta bancária. Agora, podemos concretizar muito do que vínhamos pensando. Agora, podemos contribuir mais ainda para o desenvolvimento de nossa cidade!?!?! Muito é esperado de nós! Nossa inserção nos últimos anos nos trouxe mais responsabilidades... e demandas. Estamos compondo o Conselho da Criança e do Adolescente e ajudamos na fundação de 5 grêmios estudantis em escolas do Ensino Fundamental (Mandacarú, Tabuleiro, Italegre, Prodecor e Escola Municipal Roberto Santos).

Apresentamo-nos como a instituição responsável pelas casas dos estudantes, como a instituição que administra dois espaços ricos de convivência e produção do conhecimento (e de problemas também, porque não reconhecer isto!?!?), como a instituição que mostra a porta para muitos estudantes egressos do Ensino Básico. Instituição que é responsável anualmente pelo futuro de 20 estudantes, tendo que selecioná-los para as poucas vagas existentes. Instituição que carrega o sonho de muitos e muitos. Neste momento, trago a reflexão da estudante de Direito na UFBA, minha amiga Geiziane, que diz "ao sair de Baixa Grande, não somente enchemos nossas malas de roupas e objetos pessoais, mas sim, também, de sonhos...", completando com o estadista russo, Lênin, "é preciso sonhar, mas com a condição de crer em nosso sonho", e voltando para Geiziane, "sonhos, acreditem neles".

Ao participar profundamente das atividades realizados no município, como reivindicar soluções e propor alternativas, somos, agora visto, como uma entidade TOTALMENTE importante para muitos estudantes baixagrandenses. E, agora, a nossa tarefa é maior! Conhecendo mais a educação e a situação estudantil baixagrandense, vemos que muito caminho tem-se por percorrer. Até 2012, serão mais de mil e quinhentos formados no ensino médio. E o que estes jovens farão? Não temos pré-vestibular gratuito, não temos concurso público planejado, não temos ensino superior de qualidade para diversas áreas, não temos abertura ampla prá o mundo do trabalho. Mas, temos a ASSEB!

Não quero afirmar que seremos vanguardistas, ou que vamos resolver todos os problemas, até mesmo porque não temos "pernas" suficientes... nem estrutura... ainda! Atualmente, tem-se havido uma grande busca de jovens em conhecer mais como é a vida numa universidade, o que se precisa para ser um universitário, como morar na casa do estudante, o que é preciso, qual a "melhor" universidade, qual o "melhor" curso para tal objetivo... são inúmeros e inúmeros questionamentos feitos recentemente à ASSEB sobre "o que fazer para continuar os ‘meus’ estudos" devido à representatividade histórica da ASSEB, devido ao compromisso dos seus diretores, devido à práxis demonstrada por todos aqueles que estão afinados com a NOSSA instituição.

São estudantes sem a mínima condição FINANCEIRA de exercer seus direitos, que é ESTUDAR. Querendo mais estudos, informações... querendo ingressar numa universidade de qualidade. Mas, problemas conhecidos de todos nós os impedem de dar continuidade, reflexos de uma política perversa retomada na década de 70, e aprofundada nos anos 90, a qual se chama de neoliberalismo, onde o capital, o individualismo, o financeiro, estão acima de tudo e de todos, achando-se que é DEUS? Onde hoje é normal vermos a Educação ser tratada como negócio... mas isso é um outro papo.

Temos a incrível sorte, ou melhor dizendo, o incrível valor de termos parceiros fiéis, ao longo destes anos, que são a prefeitura municipal e os sócios. Sem os sócios, com certeza eu não estaria aqui (uma hora da manhã) vos relatando nossa atual situação... sem os sócios, com certeza a residência estudantil não seria "a residência"... sem os sócios éramos apenas uma instituição formal, sem tarefas a cumprir, sem trabalho a desenvolver, sem nada a concretizar.

Temos um sólido trabalho pela frente... temos bibliotecas rurais a implantar, o Arca das Letras... temos uma entidade municipal a construir, a União Municipal dos Estudantes Secundaritas (a união de todos os grêmios)... temos as residências ainda para fortalecermos o seu papel coletivo e de transformadora de cabeças e mentes...

Por isso, meus caros, eu estou vos escrevendo. Nossa demanda é crescente. Por consequência, precisamos aumentar os nossos parceiros, mais e mais companheiros nesta luta não pela diretoria (já composta de estudantes universitários formados ou em vias de conclusão, em sua ampla maioria), mas por centenas de outras pessoas que buscam dar continuidade ao seu sonho. Somos cobrados diariamente... e queremos dar este retorno! Queremos sim contribuir mais e mais com BAIXA GRANDE...

Venho aqui, representando a gestão NOVOS RUMOS, propor-lhes a sua associação à nossa entidade, à ASSEB. Ou a retomada da filiação ou um novo cadastro.

De acordo ao nosso estatuto, a contribuição deve corresponder, no mínimo, a 0,5% do salário mínimo vigente. Ou seja, em termos reais, R$ 2,50.

Apresentamos dois anexos: (1) a ficha de sócio e (2) Um formulário de Autorização de Débito Automático.

O sócio pode escolher outra via de pagamento, mas sugerimos o DAA (Débito Automático Autorizado) em conta por ser mais eficaz e garantir o repasse mensalmente numa data fixa. Ao optar por essa opção, a ASSEB estará pagando uma taxa. Portanto, valores baixos talvez não sejam viáveis. No entanto, há outras formas também de contribuição:

a) Indicar o seu endereço para que a nossa arrecadadora possa buscar (recomendado, óbvio, para os que moram em Baixa Grande);

b) Depósito Indentificado; ou

c) Débito Agendado;

Ao optar pelo DAA, você deve encaminhar o formulário a sua agência bancária. Caso more em Baixa Grande, poderemos realizar esta tarefa. Caso reside numa outra cidade e não tenha condições de ir até a sua agência, entre em contato conosco. Mas, torcemos o máximo para que voce possa "tirar um tempinho" e pensar na imensa contribuição que está dando, afirmo aqui a você que valerá muito a pena fazer isto!!!

Por fim, estamos à disposição de todos e todas que desejaram tirar suas dúvidas ou buscar uma outra forma de contribuição. O importante é que estamos abertos à sugestão e, claro, críticas. Críticas sempre serão bem-vindas.

Um forte abraço a vocês, e ótima semana santa! Estaremos em Baixa Grande este final de semana!

Um viva a Baixa Grande!

Um viva às residências!

E um viva à ASSEB!!!

Saudações assebianas,



Fabricio Santana (71 9618-1819)

Diretor Geral

www.baciadojacuipe.com.br
Postagem nº: 216 | Visitas: 981


PUBLICIDADE



Design: Catu Informática | Ediomário Catureba

Rua Joel Campos, 125 - Alto de Guinho - Baixa Grande - BA

E-mail: ediomario@baixagrande.net - Tel: 74 99962 3779


utilizadores online