Riachão do Jacuúpe - Quase 2 mil pessoas presentes na grande decisão da Baixa da Areia

Postado em: 29/05/2013 | Por: Evandro Matos

A comunidade de Baixa da Areia viveu neste domingo (26), um dia especial. A decisão do Campeonato de Futebol local reuniu cerca de 1.500 pessoas para ver a vitória da Escolinha Hefranc, nos pênaltis, e se sagrar campeã.

O titulo foi conquistado em cima do Palmeiras. No tempo normal, o jogo, muito bem disputado, terminou empatado em 2 a 2. No final, aconteceu a entrega da premiação, com as presença de autoridades políticas e desportivas.

O Campeonato foi organizado pelo vereador Beto de Eny, Gilcélio e Nilson Oliveira. A decisão foi transmitida pela rádio Jacuipe AM.

O jogo

O equilíbrio predominou durante praticamente os cerca de 80 minutos de futebol, já que, no segundo tempo, o árbitro Orlando Soares encerrou por volta dos 35 minutos, temendo não haver tempo para as penalidades, caso fosse necessário.

O Palmeiras começou melhor e teve mais presença de ataque durante todo o primeiro tempo. Com isso, a equipe marcou o primeiro gol por volta dos 12 minutos, através de Diego, de cabeça, após uma cobrança de escanteio.

Apesar de continuar melhor em campo, o gol acomodou um pouco a equipe verde, que foi cedendo espaço para a Escolinha Hefranc. Após equilibrar as ações em campo, a Escolinha empatou, após cobrança de falta efetuada por Bainha, com a colaboração do goleiro Paulinho.

Segundo tempo

No segundo tempo as duas equipes mantiveram o mesmo ritmo da primeira etapa, com muita velocidade e briga pela posse de bola. Marcando melhor e tocando com mais objetividade, a Escolhinha jogava com mais personalidade em relação à etapa anterior. Corea e Arthur faziam boas jogadas pelo meio, que sempre contavam com a participação do lateral Iago.

Com isso, o segundo gol veio para premiar a ousadia da equipe, que, apear da juventude, não se intimidou com o adversário. O segundo gol surgiu após um chute quase despretensioso do meia Artur, que contou, novamente, com a colaboração do goleiro Paulinho.

Com a vantagem da Escolinha, restava ao Palmeiras partir em busca do prejuízo. Com alterações nas equipes, o jogo continuou bastante movimentado. O Palmeiras se atirou no desespero e poderia ter levado o terceiro se a conclusão dos adversários tivesse boa pontaria.

Mas como a lógica do futebol é a de quem tiver no prejuízo se arriscar, foi isso que a equipe verde fez. E por tentar, chegou ao empate através do lateral Cristiano, também em uma cobrança de falta de longa distância. O empate fez as duas equipes imaginarem o pior, por isso diminuíram o ritmo e não se arriscaram mais como antes.

Pênaltis

Por volta dos 35 minutos da segunda etapa, o árbitro Orlando Soares encerrou a partida, levando a decisão para os pênaltis. A cobrança foi marcada com a presença do grande público presente na comunidade, que preferiu acompanhar tudo de perto. No final das cobranças, deu 5 a 4 para a Escolinha Hefranc.

Cobraram e converteram pela Escolinha: Corea, João Paulo, Artur, Iago e Igo;

Cobraram e converteram pelo Palmeiras: Solonzinho, Rodrigo, Cristiano e Lelei.

Perdeu o pênalti para o Palmeiras: Mateus

Público e transmissão

Quem disse que o futebol morreu, quebrou a cara. Neste domingo, a Comunidade de Baixa da Areia viveu um dos melhores momentos de sua história. Cerca de 1.500 pessoas compareceram para acompanhar a grande decisão. Além disso, o público se comportou de forma decente, sem causar qualquer incidente.

Tudo foi acompanhado de perto pela Rádio Jacuipe AM, que transmitiu a partida via celular, já que no local não tem linha para discagem direta. Noroel Fernandez foi o narrador, com José Alcione nas reportagens, Evandro Matos nos comentários e Adriano Júnior no plantão.

Entrega da premiação

A entrega da premiação também foi marcada com grande destaque. A solenidade, comandada pelos organizadores Beto de Eny, Nilson Oliveira e Gilcélio, contou com a presença da prefeita Tânia Matos, dos vereadores Nem de Aureliano, Xavier Menezes e Franklin.

Foram premiados, além da equipe campeã, o vice-campeão, o artilheiro, o craque do Campeonato (escolhido Corea, da Escolinha), o jogador disciplinado, goleiro menos vazado, entre outros. A Sudesb doou bolas e redes para o campeonato.

www.interiordabahia.com.br
Postagem nº: 4490 | Visitas: 389


PUBLICIDADE



Portal Bacia do Jacuípe - Uma Iniciativa da Catú Informática

Ediomário Catureba - Whatsapp 74 99962-3779

ediomario@baixagrande.net - Baixa Grande - BA


utilizadores online