Mairi - A ADEM-APLB/Sindicato realiza caminhada pela educação Municipal

Postado em: 04/09/2013 | Por: Agmar Rios

Na manhã desta quarta-feira, 04 de setembro de 2013, foi realizada uma caminhada pelas ruas de Mairi em pró da educação do município. Idealizada pela APLB-Sindicato, a mesma percorreu as ruas da cidade numa verdadeira manifestação pacífica, cobrando da Secretaria de Educação e da Prefeitura atenção especial para com os profissionais da área, além de melhorias nas Unidades Escolares como um todo.

De maneira bem descontraída e animada, cerca de cem profissionais foram as ruas com faixas e cartazes reivindicando ações que, para eles, são fundamentais para a melhoria do sistema no município.
A manifestação foi convocada pela APLB em assembleia e, validade pelos associados. O fato triste foi a forma como a mesma foi interpretada pela gestão atual que, de forma vergonhosa, tentou enfraquecer a paralisação com o anúncio do corte do ponto dos participantes. Todavia, esse fato serviu mais ainda para unir a classe que compareceu em ótimo número e acertou mais manifesto se a Secretaria de Educação não reabrir as negociações com a classe, relatou um professor.

As principais bandeiras reivindicatórias do movimento foram o pagamento do rateio dos profissionais da educação, acertado para agosto e não cumprido, falta de materiais didáticos e permanentes, água de qualidade nas Unidades, dentre outros.
Quando da chegada da mesma a praça central, os participantes falaram em frente à secretaria e a prefeitura sobre todas as temáticas abordadas, lembrando que o município tem um débito com a classe desde abril, quando recebeu a complementação do Fundeb-2012 no valor aproximado de R$ 443.000,00 e, até agora não repassou nos 60% para a mesma.

Segundo os professores, "Se o município não aceitar renegociar com a classe, as paralisações continuarão até que as demandas sejam sanadas. Não temos culpa pelo inchaço na folha de pagamento que impede as melhorias e desenvolvimentos da área". "Se o governo municipal criou esse problema, ele que resolva, mas não atinja aqueles que não têm nada a ver", falou outro professor.

Também foram parabenizados aqueles profissionais que não se fizeram presentes, mas que aderiram à convocação, parando as atividades no dia de hoje.

Por fim, o secretário de educação, ligou para Adelson, presidente da APLB, marcando uma reunião para a próxima semana, para debater e reabrir as negociações com a categoria.
  
  
  

http://agmarrios.blogspot.com.br
Postagem nº: 4926 | Visitas: 223


PUBLICIDADE



Design: Catu Informática | Ediomário Catureba

Rua Joel Campos, 125 - Alto de Guinho - Baixa Grande - BA

E-mail: ediomario@baixagrande.net - Tel: 74 99962 3779


utilizadores online