Bacia do Jacuípe – Realizado Encontro de Articuladores de GT

Postado em: 23/10/2013 | Por: Ediomário Catureba

Foi realizado nesta terça-feira, 22 de outubro de 2013 um encontro de articuladores dos grupos de Trabalho (GT) da Bacia do Jacuípe, o evento foi realizado no salão paroquial da cidade de Pintadas e contou com participação de representantes dos GT: Comunicação, Gênero, Agricultora, Educação, e Cultura. Além da participação de representantes do MOC, EBDA, Rede Sindical.
   
Pela manhã todos os integrantes falou das realizações de seu GT durante o mês de março a setembro deste ano, o presidente do Codes Jacuípe (Conselho Regional de Desenvolvimento Territorial da Bacia do Jacuípe), Carlos da cidade de Pintadas mostrou aos participantes as metodologias de trabalho realizado pela entidade.

Iane de São José do Jacuípe representando o GT de Gênero falou da Universidade, falando do GT de Gênero, para ela o estado esta travando algumas ações que dificulta os bons andamentos dos GTs, comentou sobre a realização de um fórum de mulheres mais que não contou com participação de mulheres de diversos municípios.
A tarde foram fechado alguns encaminhamento e o momento muito interessante foi quando alguns participante falaram o que entendia e o que necessitava melhorar nos GTs:



O Professor Reis da cidade de Ipirá disse que é preciso amadurecer o que é territorialidade, para ele isto tem sido banalizado, onde houve uma confusão com a política de território. Para ele a organização territorial passa por um momento de crise e isto já foi detectados por todos e agora o importante é achar o caminho de volta as política territorial.

Para Vandelson os GTs têm dois papeis técnicos e mobilizar. E criticou o que ele chamou de dificuldade em multiplicar estas ideias. “Eu acho que a ideia não é institucionalizada, mas é preciso ter cuidado, é preciso ter foco e subdividir setores a partir das demandas e pautas que surgem”. Finalizando sua fala dizendo que é preciso que os articulares sejam a ponta da ação territorial sendo mobilizadores dos demais envolvidos em cada GTs.

Representando o GT de Comunicação, Ediomário Catureba falou que que é preciso que as pessoa que já sabe o que é Grupo de Trabalho partilhe mais com os demais, com as pessoas novas que vão chegando, “Eu aprendi na caminhada”. O comunicador pediu ajuda na iniciativa pública nas realizações dos GT de comunicação e citou o projeto Vozes do Jacuípe onde tem ideia de participação de todas as cidades pertencente ao território de identidade Bacia do Jacuípe., mais para isto é necessário um apoio, principalmente pelos diretores de cultura em cada município.

Nereide de Pintadas pediu mais aberturas as inciativa cooperativismo, para ela é as cooperativas tem que entender seu próprio papel, sendo que em muitas vezes coloca seus assunto dentro do GT de agricultura, discute muito e saem nada.

Representando o GT de Agricultura, Nélio de Pé de Serra sugeriu que é necessário subdividir em grupos, segundo Nélio estes subgrupos visam o período eleitoral que se aproxima, para ele a sociedade não andam sem o poder público e o poder público não andam sem a sociedade, pois a sociedade não consegue bancar suas realizações.

A Secretária de Educação da cidade de Várzea do Poço discordou da maneira como as empresa representada vem gerindo os recursos destinados a realizações das ações do GT, segunda Paula, estas empresa ganham estes editais sem mesmo conhecer a realidade de cada território. Atualmente a empresa que ganhou o edital o Instituto de Assessoria para o Desenvolvimento Humano (IADH), da cidade de Boa Vista Pernabuco. e através de sua sugestão ficou definida uma comissão que irá até a cidade tirar dúvidas quantos as realizações das ações territorial.

www.baciadojacuipe.com.br
Postagem nº: 5175 | Visitas: 183


PUBLICIDADE



Design: Catu Informática | Ediomário Catureba

Rua Joel Campos, 125 - Alto de Guinho - Baixa Grande - BA

E-mail: ediomario@baixagrande.net - Tel: 74 99962 3779


utilizadores online