O que está procurando?

Post: 32 - | - Visitas: 209 - | - Data: 13/11/2017

Histórico de Comunidades Rurais em Baixa Grande

Boa Vinda

 

No ano de 1980, o Padre que estava na Paróquia de Baixa Grande era o Padre Tiago, que pediu para a Senhora Maria das Flores que era Professora marcar uma missa nessa localidade, Fazenda Boa Vinda para o dia 05 do mês de Agosto.

 

 

Foi marcada e realizada a primeira Missa na sede da Fazenda do Senhor Elizeu e Dona Maria de Lourdes na referida data. E assim continuou as missas a cada 02(dois) meses, logo começaram os encontros de pais e padrinhos para o batismo aos domingos. E mais tarde começou-se a realizar catequese para o Crisma e para Primeira Eucaristia.

 

 

No ano de 1992, começou a construção da Capela que ficou pronta no mês de abril do ano seguinte e foi Inaugurada no dia 15 de Agosto de 1993. Tendo a Comunidade com Padroeira Nossa Senhora Aparecida.

 

Lajedo Grande

 

A comunidade de Lajedo Grande foi fundada no dia 16 de Novembro de 1989, às 15:00 pela Senhora Lindaoura Oliveira Rios. Eram feitas as celebrações e missas no Predio Escolar Joana Dárd. Lindaura coordenou até 1993, a partir dessa data, Maria José Almeida ficou coordenando durante dez anos.

A parti de 1998, foi formando mais lideranças que aos poucos forma se empenhando no trabalhos da comunidade.

A Capela da comunidade foi fundada em 19 de Maio de 2002, e foi inaugurada oficialmente em 18 de Maio de 2003, com a Celebração da Missa na festa da Padroeira Nossa Senhora do Perpetuo Socorro, a Festa iniciou nos dias 16 a 18 de Maio ( dizemos Inauguração oficial porque começamos a celebrar antes, no dia 05 de Maio, quarta-feira de Cinzas), foi uma bonita Festa.

A construção da capela na comunidade foi um março muito importante, pois houve um grande gesto de partilha, todas as famílias se mobilizaram a ajudar e também comunidades vizinhas.

 

Quixaba

 

A Comunidade de Quixaba nasceu em 1999, com o incentivo da Comunidade de Santa Cecília e de Padre Vitório e por Normeide. Normeide sentiu um grande desejo de forar neste lugar uma comunidade religiosa, porque aqui neste lugar já existia uma comunidade pessoas unidas que sempre estava juntos para trabalhar, conversar e dividir suas alegrias e dificuldades, mas sempre todas felizes sempre foi uma comunidade de um povo amigo e acolhedor. Começaram a reunir debaixo de uma arvore ou em um salão no tempo cercado de palha, hoje já temos uma capela com a graça de Deus e a ajuda de todos da comunidade e das outras comunidades que colaboraram também para comece de caminhada, tivemos um grande incentivo de Padre Lucas e a Missionária Silvina que nunca nos deixou desanimar sempre nos dando apoio e confiança para a caminhada do dia-a-dia desta comunidade, para bom exemplo nós escolhemos com nosso Padroeiro São Francisco de Assis que não apena abraçou a pobreza para sacrificar os bens dês muno. Pro isso peçamos ao senhor que dê nossa graça de trabalharmos, confiando no Senhor para a construção de um mundo onde reine a paz, a justiça e o amor.

 

Mulungu

 

A comunidade de Mulungu foi fundada em 01 de março de 1980. As primeiras pessoas que fundaram forma Dona Mdadalena de Jesus Ribeiro, Romilde de Mari Araujo Moreira, Casa Vicente, Suede Dias da Silva. Iniciou rezando o terço e oficio, visita da santa Nossa Senhora da Conceição, filmes sobre saúde com o Pe. Pedro Crus, tinha banco de sementes foi feito um tanque com o nome da comunidade onde está localizada no terreno do senhor Macario que hoje é falecido. A da comunidade foi Suede Dias da Silva que se encontrava em São Paul. Ela sempre participava dos encontros da paróquia. No ano de 1992, Izabel Santos Sena Coelho começou a tomar conta como coordenadora junto com Madalena, assumindo todos os eventos que a comunidade necessitava. Depois de alguns anos forma surgindo novas pessoas para assumirem os trabalhos como Catequese, Pastoral do Dizimo, Conselho da Comunidade.

Aos seis de Março, ás quatro da tarde, esteve presente na casa do Senhor Juracy Almeida de Oliveira, proprietário da mesma fazendo um grupo de participantes da co junto com a liderança da mesma para tratermos de um assunto que há muitos dias andava solhando. Onde foi feito o pedido dde um pedaço de terra ao senhor Juracy e sua esposa Senhora Maria Helena para a construção de uma Igreja na comunidade. O Senhor Juracy e sua esposa alegres e contentes disseram o sim, o lugar da construçãi ficaria a escolha da comunidade, graça a Deus que o nosso sonho se tornou realidade. Estiveram presente como testemunhas.

Daniel Pedreira Macedo, Jose dos Santos Sena, João Rodrigues Filho Gerson Gomes Ribeiro, Arlindo ribeiro de Jesus, Honorina Ribeiro de Jesus, Editides Coelho Ribeiro, Izabel Santos Sena e Madalena de Jesus Ribeiro.

 

Vista Alegre

 

A comunidade de Vista alegre nasceu em 1985, com a celebração da missa a cada dois meses, círculos bíblicos, c Culto Dominical, campanha da Fraternidade, Natal em família e mês de Maria. Onde não tínhamos capelas mas celebrávamos nas famílias, a catequese acontecia na sala da escola na qual pertencia a Comunidade.

A participação era ativa, algumas famílias foram fundadoras da comunidade. A Família de Maria Alexandrina, Julieta, Manoel, João Catureba, José Lima, Tereza Mendes, Maria Catureba, Anita, Zelita e Luiza e outras. Tinha um grupo de Jovem com a participação de trinta(30) e poucos jovens, mais os anos forma passando, alguns se casaram indo morar em Salvador, São Paulo a procura de sobrevivência, chegou a sair uma família toda para Camaçari, outras faleceram.

Mas mesmo assim as atividades da comunidade continuou. Em 2002, deu inicio a construção da capela, onde foi um trabalho bonito, foi feito em mutirão pelas famílias, na qual celebramos hoje. Foi escolhido Santo Antonio como Padroeiro da comunidade. Hoje com a celebração da palavra aos e missa.

 

Santana Bárbara

 

Comunidade Santa Bárbara 02-Setor 03- Nossa Senhora da Conceição

Coordenadora – Bárbara

 

A Comunidade de Santa Bárbara 02, Setor 03 Rural, tem com Padroeiro Nossa Senhora da conceição, há 11 famílias e participam ativamente 6 famílias. Não temos Igrejas Evangélicas, temos algumas famílias. As dificuldades e desafios é em participar dos encontros e entendimento da leitura bíblica.

Esperamos com a missão mais animação e participação de todas as famílias.

Não temos Conselho da comunidade, nem pastorais, só missa a cada 02 meses.

Lajedinho2

 

A Comunidade de Lajedinho foi fundada por Cecília em Dezembro de 1984. Era em uma casa, depois foi passar a celebrar em um colégio, depois passou para uma casa e celebrava debaixo de um pé de arvore e por muito tempo o Padre Paulo Ronzonni construiu uma Igreja e ficou Marlene, depois Marlene entregou para Cidália, depois Cidália deixou e ficou fechada por cinco (05) anos, com a ajuda de do Senhor Aplinário da Comunidade de Boa Esperança caminhou e reabriu a comunidade, depois ficou Liliane e Odair como responsáveis pela comunidade.

 

 Baliza

 

A comunidade de Baliza com poucas famílias rezava Missa de vem em quando,ao sei o tempo de uma missa a outra, só sei que demorava.

Como passa do tempo foi construída uma Escola Municipal, a professora que ensinava era católica e todos as sextas-feira ela dava aula de religião e ai foi conscientizando as famílias com a chegada do Padre Tiago na Paróquia Nossa Senhora da Conceição em Baixa Grande. O Padre Tiago marcou uma Assembleia com todas as comunidade, daí foi iniciada a Comunidade Católica de Baliza em 11 de Setembro de 1983, com um Conselho com duas(02) Professoras Iracema e Maria da Conceição.

 

 

Como a Escola foi inaugurada no dia 19 de março, dia de São José, o nome da Escola ficou São José e com isso o Padroeiro da da Comunidade também foi escolhido são José. Com ajuda das pessoas e do Padre Lucas foi construída a atual Capela.

 

 

2014: Informações cedida pela Paróquia Nossa Senhora da Conceição

Design: Catu Informática | Ediomário Catureba

Rua Joel Campos, 125 - Alto de Guinho - Baixa Grande - BA

E-mail: ediomario@baixagrande.net - Tel: 74 99962 3779


utilizadores online